F-1: Raikkonen vence na casa de Alonso

A torcida espanhola lotou o circuito da Catalunha, em Barcelona, neste domingo, para ver Fernando Alonso (Renault), mas acabou assistindo a um show do finlandês Kimi Raikkonen. O piloto na McLaren largou na pole-position; andou na frente o tempo todo, e venceu com incrível facilidade o GP da Espanha ? quinta etapa do Mundial de F-1. Terminou a prova com mais de 20 segundos à frente do segundo colocado. Chegou a dar uma volta em cima de Juan Pablo Montoya, seu companheiro de equipe, que terminou em sétimo. Com isso, Raikkonen coloca um fim na hegemonia da Renault, que havia vencido todas as corridas até aqui ? uma com Giancarlo Fisichella e as outras com Alonso.Fernando Alonso largou em terceiro e chegou em segundo. O resultado só não foi mais frustrante para ele e para a torcida, porque se manteve na liderança do campeonato, agora com com 44 pontos. O italiano Jarno Trulli (Toyota) chegou em terceiro e completou o pódio. Rubens Barrichello, que foi penalizado com a perda de 10 posições por ter trocado de motor, foi obrigado a adotar uma estratégia arriscada. Sequer foi para o treino oficial, que definiu o grid e, desta forma, largou em 16º - à frente apenas das duas Minardi. A idéia era poupar carro e pneus, fazer apenas uma parada e tentar ganhar posições nos boxes. Mas não deu muito certo. Nas últimas voltas chegou a brigar pela oitava posição com David Coulthard, mas não teve forças para passar e chegou em nono. Michael Schumacher não conseguiu melhorar no treino oficial e largou em oitavo. Estava fazendo uma corrida de recuperação e chegou a brigar pelas primeiras posições, mas teve problemas com os pneus e foi obrigado a abandonar a 18 voltas do final. Felipe Massa largou em 10º, brigava para entrar na zona de pontuação, mas a três voltas do final també teve problemas com pneus e abandonou.A próxima etapa do Mundial de F-1 acontece em duas semanas, em Mônaco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.