F-1: Schumacher poderia comprar Toro Rosso, revela agente

Sete vezes campeão mundial, Michael Schumacher pode se tornar chefe na Fórmula 1. Nesta sexta-feira, o agente do ex-piloto, Willi Weber, revelou que o alemão estaria disposto a fazer uma oferta para comprar a equipe Toro Rosso."Nós vamos conversar com um multimilionário [o austríaco Dietrich Mateschitz, que além da Toro Rosso é dono da Red Bull Racing] para perguntar se o mesmo estaria disposto a vender a sua segunda equipe", contou Weber em entrevista ao diário AZ.Mateschitz, que ocupa a 287.ª posição no ranking dos mais ricos do mundo da revista Forbes, comanda as duas equipes ao lado do ex-piloto austríaco Gerhard Berger, que é dono de 50% das ações da Toro Rosso."Vejo Schumacher como chefe de uma escuderia, que não é a Ferrari. Está é uma equipe cheia de responsabilidade, trabalho e tensão. Por que ele iria querer isso?", perguntou o agente, descartando uma possível negociação com a equipe italiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.