Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

F-3: João Paulo articula vaga

O piloto paulista João Paulo de Oliveira, de 23 anos, vice-campeão da Fórmula 3 japonesa, estará em Suzuka, no fim de semana, durante o GP do Japão de Fórmula 1, para dar sequência aos contatos que já mantém com alguns empresários. Sua intenção é também conseguir uma vaga de piloto de testes. Sábado ele ficou parcialmente sem freios na 17ª etapa do Campeonato Japonês de F-3, em Mine, bateu frontalmente contra a barreira de pneus, perdeu a consciência por um minuto e, por isso, foi impedido de disputar a 18ª prova, domingo, o que garantiu o título ao italiano Ronnie Quintarelli."Não sinto nada. Nem no dia do acidente, depois, sentia", disse nesta segunda-feira o piloto em Kyoto, onde reside. João Paulo comentou não estar tomando nenhuma medicação e seu sono tem sido normal. Ele bateu a cerca de 200 km/h, sem poder reduzir muito a velocidade por conta da queda das pastilhas do freio traseiro esquerdo. Por competir pelo time oficial da Honda, ele vai estar no circuito da montadora, Suzuka, domingo. "Comecei minha carreira no automobilismo pensando na Fórmula 1. É lá que quero chegar", afirma.Ele já tem convite da IRL e da própria Honda para disputar o Japonês de Turismo. "Um bom caminho seria a Fórmula GP2, que substituirá a Fórmula 3000, mas custará muito caro e poucos poderão investir um milhão de euros, o custo de uma temporada na GP2." A Honda é associada à BAR na Formula 1. Seu bom trabalho na Fórmula 3 japonesa poderia ajudá-lo a se aproximar da equipe. "É verdade, mas não é fácil, há muita gente querendo a mesma coisa", diz João Paulo. Ele disputará as duas últimas etapas da Fórmula 3, em Motegi, dias 23 e 24. "Já estou recuperado", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.