F-3000: Pantano vence na Alemanha

O italiano Giorgio Pantano, da equipe Coloni, venceu, neste sábado, o GP da Alemanha, 12ª etapa do Campeonato Intercontinental de Fórmula 3000, na nova pista de Hockenheim, e entrou na luta pelo título da temporada. Pantano foi auxiliado pelo duplo abandono dos dois líderes da competição, o francês Sebastien Bourdais, da SuperNova, e o tcheco Tomas Enge, da Arden, que se envolveram em acidentes. O sueco Bjorn Wirdheim, companheiro de Enge, ficou em segundo, enquanto o brasileiro Rodrigo Sperafico, da Durango, voltou ao pódio, com o terceiro lugar. Era tudo o que Pantano precisava para tentar ser campeão da Fórmula 3000. Ele somou 10 pontos e chegou a 34 no total, enquanto Bourdais permaneceu com 46 e Enge, 41. Restam para o encerramento do campeonato as etapas da Hungria, dia 17, Bélgica, 31 de agosto, e Itália, 14 de setembro. O quarto na classficação agora é Rodrigo Sperafico, com 20. Ele havia vencido a etapa de abertura da competição, no Brasil, terminado em segundo em Ímola e neste sábado voltou a obter um lugar no pódio. Mario Haberfeld, da Astromega, disputou outra corrida bem regular e acabou em quarto. Ricardo Sperafico, da Petrobras Júnior, marcou um ponto com o sexto lugar, além de ter feito a melhor volta da prova, 1min29s654 (média de 183,6 km/h), na 29ª passagem de um total de 33. Os outros brasileiros não obtiveram bons resultados. Antonio Pizzonia, da Petrobras Júnior, tinha o terceiro lugar assegurado quando a três voltas do fim quebrou o câmbio, pela quarta vez este ano. Ricardo Maurício, da Red Bull Júnior, tocou rodas com um adversário e precisou ir para os boxes, e Alexandre Sperafico, da Minardi Júnior, também abandonou na 11ª volta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.