F-Indy: estreante Graham Rahal vence GP de São Petersburgo

Aos 19 anos e 93 dias, filho do campeão Bobby é o mais jovem a ganhar na categoria; Castroneves lidera

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

06 Abril 2008 | 19h35

Muita chuva, muitas batidas e muitos erros numa pista apertada. Com isso, era bem provável que o vencedor do GP de São Petersburgo da Fórmula Indy, neste domingo, fosse difícil de apostar. E os poucos que arriscaram no garoto Graham Rahal, da Newmann Hass, de 19 anos e 93 dias de vida, filho do campeão Bobby Rahal, ganharam uma bolada, já que ele ganhou terminou em primeiro lugar, em sua estréia na categoria, ficando à frente do brasileiro Hélio Castroneves, da Penske, que foi o segundo colocado.Veja também: Classificação Conheça os pilotos e as equipes da temporada 2008 Confira o calendário e o sistema de pontuação"Nada pode ser melhor do que isto", resumiu o mais jovem vencedor da história da Indy. Foi uma vitória tática, já que ganhou a liderança da prova graças à estratégia de abastecimentos e trocas de pneus rápidas e às bandeiras amarelas - foram seis na corrida - pelos acidentes, pois largou em nono lugar. Ele foi o estreante do ano na extinta Champ Car, em 2007, e já é visto como um fenômeno."Este é um grande dia para as corridas. Eu tentei chegar na primeira posição, mas não consegui pegá-lo. Para o que fizemos, o segundo lugar está bom", diz Castroneves, elogiando o adversário norte-americano, sem esconder a pontinha de frustração. Ele, pelo menos, é o líder do campeonato, com 72 pontos. Helinho poderia ter terminado à frente se não tivesse tido o azar de parar para o pit stop e logo na seqüência acontecer uma bandeira amarela, quando estava em segundo lugar.Atrás dele veio Tony Kanaan, da Andretti Green, que também pagou pelo mesmo erro da parada, e ficou com a terceira posição. A corrida, pela chuva intensa, teve de começar com bandeira amarela e durou dez voltas. Foram muitas alternâncias de liderança. Outro brasileiro que conseguiu um bom resultado foi Enrique Bernoldi (Conquest), que terminou em quinto lugar. Mário Moraes (Dale Coyne) foi o 16.º. Vitor Meira (acidente) e Bruno Junqueira (quebra) não terminaram a prova. Scott Dixon, com 50 pontos, é o vice-líder da temporada. A próxima corrida será dividida: no dia 20 de abril, em Motegi (Japão) e Long Beach, na despedida oficial da Champ Car. FÓRMULA INDY 2008 - GP DE SÃO PETERSBURGO CLASSIFICAÇÃO FINAL 1.º - Graham Rahal (EUA/Newman Hass), 83 voltas), 2h00min43s5562  2.º - Helio Castroneves (BRA/Penske), a 3s5192  3.º - Tony Kanaan (BRA/Andretti Green), a 5s5134 4.º - Ernesto Viso (VEN/HVM Racing), a 8s8575 5.º - Enrique Bernoldi (BRA/Conquest), a 9s6360 6.º - Hideki Mutoh (JAP/Andreti Green), a 10s0071 7.º - Oriol Servia (ESP/KV Racing), a 11s2871 8.º - Will Power (AUS/KV Racing), a 12s8493 9.º - Justin Wilson (ING/Newman Hass), a 14s3598 10.º - Danica Patrick (EUA/Andretti Green), a 16s7298 11.º - A.J. Foyt IV (EUA/Vision), a 20s8319 12.º - Dan Wheldon (ING/Chip Ganassi), a 24s7800 13.º - Darren Manning (ING/A.J.Foyt), a 45s8601 14.º - Jay Howard (ING/Roth Racing), a 1 volta 15.º - Buddy Rice (EUADreyer & Reinbold), a 1 volta 16.º - Mario Moraes (BRA/Dale Coyne), a 1 volta 17.º - Ryan Hunter-Reay (EUA/Rahal-Letterman), a 2 voltas 18.º - Ed Carpenter (EUA/Vision), a 3 voltas Não completaram a prova: Vitor Meira (BRA/Panther), a 8 voltas, acidente Franck Perera (FRAConquest), a 8 voltas, acidente Townsend Bell (EUA/Dreyer & Reinbold), a 8 voltas, acidente Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi), a 9 voltas, quebra Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 27 voltas, acidente Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), a 39 voltas, quebra Marco Andretti (EUA/Andretti Green), a 42 voltas, quebra Marty Roth (CAN/Roth Racing), a 83 voltas, quebra, 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.