F1: Alonso revela que está sendo perseguido na Espanha

O atual campeão da Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso, revelou nesta quinta-feira que as últimas duas semanas de sua vida se transformaram num verdadeiro pesadelo devido à perseguição a qual ele e sua família foram vítimas nas ruas da Espanha por carros e motos desconhecidos. "Eu gosto do meu país. Mas, estou muito mal porque o que está acontecendo está fora do controle. Quero que respeitem a minha vida privada".No entanto, o espanhol garantiu que esses problemas não vão interferir no seu trabalho. Após revelar o ocorrido, Alonso participou de uma coletiva de imprensa com os demais pilotos da Fórmula 1, organizada pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), onde declarou que seu único objetivo para está temporada é o título. "Em anos anteriores, pensava apenas em conseguir vitórias. Hoje, não. Meu objetivo principal é o título. Se puder me despedir com mais um título seria fantástico".Ao lado de Alonso, o alemão Michael Schumacher, que no ano passado só ganhou uma corrida - a dos Estados Unidos, onde participaram apenas 6 carros - espera ter um desempenho melhor, apesar da mudança dos motores V10 para V8, que consomem menos combustível. "Com a mudança, você perde de dois a três segundos. Mas, espero ter um ano mais harmonioso".Já Kimi Raikkonen, segundo colocado na temporada passada, ainda não confirmou se continuará na McLaren para 2007, mas espera conquistar o título deste ano. "Quero vencer e deixar os demais para trás".O Grande Prêmio do Bahrein, o primeiro da temporada 2006 da Fórmula 1, acontece neste próximo domingo, a partir das 8h30 (horário de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.