F1-Massa idealiza prova com pole e carros à frente de Hamilton

Largar na frente e com alguns carros na frente de Lewis Hamilton. Esse é o início ideal que Felipe Massa idealizou para partir em busca do título da Fórmula 1 no Grande Prêmio do Brasil, domingo. "(Visualizo) um começo tranquilo, largando na frente, quem sabe com alguns carros na frente de Hamilton. Seria um bom começo para a corrida. Preciso de quatro pilotos na frente dele, independente de quem seja", afirmou Massa nesta sexta-feira, após os dois treinos livres no autódromo de Interlagos. "Vamos torcer para o Nelsinho (Piquet, da Renault) estar na frente, o (Fernando) Alonso (da Renault), o Kimi (Raikkonen, da Ferrari) e quem sabe a BMW. Temos que tentar largar na frente com os dois carros e ter a possibilidade de fazer uma dobradinha", completou. Massa superou Hamilton nos treinos livres ao registrar melhor tempo que o piloto da McLaren nas duas sessões. Ele foi o mais rápido pela manhã e terminou em segundo à tarde, atrás apenas de Alonso, o mais rápido do dia. Sete pontos atrás de Hamilton na classificação geral, ele precisa vencer a corrida e torcer para que seu adversário fique no máximo em sexto para garantir o troféu de campeão. Se ficar em segundo, Hamilton só pode terminar em oitavo. Por enquanto, os pesadelos passam longe do piloto da Ferrari, que afirma não ter problemas para dormir - nem mesmo na véspera da decisão ele acredita que terá qualquer problema. "A semana inteira dormi bem. Na verdade não tenho muitos problemas para dormir. Acho que o dia que você está mais agitado é de quinta para sexta, quando vai começar a trabalhar, mas ontem dormi bem, então já foi um bom começo", completou. Massa ficou bastante satisfeito com o rendimento de seu carro, principalmente com o trabalho dos pneus em temperatura relativamente baixa - durante os dois treinos a temperatura do ar ficou em 17 graus Celsius e a da pista, em torno de 23. "O carro está muito bom, logo de cara estava rápido, constante, respondeu bem às mudanças que a gente fez. A pista aqui oferece muita aderência e, mesmo com a baixa temperatura de hoje, esse não foi um problema, especialmente com os pneus que temos disponíveis aqui", afirmou, sem deixar de lado a cautela e a tranquilidade que fez questão de mostrar durante toda a semana. "A gente tem a chance de estar brigando pela pole, quem sabe a primeira fila. Mas muitas vezes quando você visualiza acontece totalmente o contrário, então tem que fazer o nosso trabalho e depois da classificação começar a pensar um pouco na estratégia que pode tomar durante a corrida." Massa só se irritou quando questionado se se sentiria incomodado se conquistasse o título depois de haver um acidente com Hamilton. A possibilidade de alguém tirar o britânico da corrida provocando um acidente é motivo de brincadeiras entre a torcida e até mesmo na Internet, apesar de vários pilotos já terem afirmado que não há como ajudar Massa. "Quantas corridas aconteceram? O campeonato não é feito de apenas uma corrida, independente de um motivo ou outro tenho que pensar em vencer a corrida. Quantas vezes tive problema no carro, acidente? Essa não é a maneira certa de pensar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.