F1: Ralf ameaça supremacia do irmão

A liderança na luta pelo tetracampeonato da Fórmula 1 continua não sendo ameaçada, mas pela primeira vez na temporada, Michael Schumacher, de 33 anos, encontra adversário capaz de acabar com seu rótulo de imbatível: o irmão Ralf, de 26. Ralf ganhou o GP do Canadá (Michael foi o segundo) e já está na quarta colocação do Mundial de pilotos.O duelo dos irmãos em Montreal serviu de aperitivo para a próxima etapa, o GP da Europa, dia 25, em Nurburgring - que fica a 70 quilômetros de Kerpen, cidade natal dos Shumachers.A próxima etapa também servirá de teste para Ralf provar que deixou de ser uma promessa e que os elogios recebidos foram merecidos - largou em segundo, atrás de Michael, não se intimidou e, depois de muita pressão, ganhou a prova com bela estratégia de troca de pneus. "Ralf é o único piloto que pode ganhar de Michael", avaliou o diretor da BMW Gerhard Berger."Ele é um digno sucessor de Michael na Ferrari", declarou Jean Todt, diretor esportivo da equipe italiana. Porém, o dirigente deixou claro que a McLaren é o rival a ser batido. Mais precisamente David Coulthard, vice-líder do Mundial, com 40 pontos. Michael Schumacher soma 58.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.