Alexander Klein/AFP
Alexander Klein/AFP

Família diz que estado de Bianchi continua o mesmo e agradece apoio

Piloto francês guiava pela Marussia se mantém inconsciente desde o acidente sofrido no GP do Japão de Fórmula 1, em 5 de outubro

Estadão Conteúdo

30 de dezembro de 2014 | 16h09

A família de Jules Bianchi divulgou nesta terça-feira uma nota oficial em que comenta o estado de saúde do piloto de 25 anos, que sofreu um grave acidente durante o GP do Japão de Fórmula 1, realizado no circuito de Suzuka, em outubro. De acordo com os parentes do francês, Bianchi continua inconsciente e respirando sem ajuda de aparelhos depois de sofrer lesões em sua cabeça na batida.

"A condição neurológica Jules permanece inalterada. Ele está inconsciente, mas consegue respirar sem ajuda. Embora não exista nenhuma informação significativa no boletim, nos conforta o fato de que Jules continua a lutar, como sabíamos que ele faria, e isso permite que os profissionais médicos trabalhem para que ele comece o seu programa de reabilitação", afirma o comunicado divulgado pela família de Bianchi. 

Em 5 de outubro, durante as voltas finais do GP do Japão, sob chuva, Bianchi saiu da pista ao perder o controle da sua Marussia e se chocou em alta velocidade com a base do guindaste que retirava o carro da Sauber do alemão Adrian Sutil, que se acidentara antes. O impacto provocou lesões na cabeça do francês, que precisou ficar aproximadamente um mês e meio internado em um hospital no Japão até retornar ao seu país. 

Na nota oficial desta terça-feira, a família de Bianchi destacou a importância desse retorno para a França na recuperação do piloto, tentando adotar um discurso de confiança, ainda que o estado de saúde do francês permaneça sem grandes evoluções. 

"Foi um passo significativo e de muito conforto conseguir trazer Jules de volta para a França no mês passado, para continuar a sua reabilitação, cercado por sua família e amigos. Isto é muito importante para Jules e também para nós", disse. 

No momento, Bianchi realiza seu tratamento no Centro Hospitalar Universitário de Nice. E a família do francês aproveitou o comunicado oficial para agradecer o carinho que vem recebendo. "Refletindo sobre os acontecimentos dos últimos meses, gostaríamos de reconhecer mais uma vez, o caloroso carinho mostrado para com o nosso filho de forma avassaladora. Esses continuam sendo tempos difíceis para a nossa família, mas saber que ele tocou as vidas de tantas pessoas em todo o mundo tem nos ajudado", concluiu a família do piloto francês.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Jules Bianchi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.