Federação Boliviana apóia idéia de receber Rally Dakar

Organizadores não descartam possibilidade de prova começar na Europa e terminar na América do Sul

Efe

12 de janeiro de 2008 | 11h42

A Federação Boliviana de Automobilismo (Febad) deu seu total apoio à possibilidade de que o Rally Dakar de 2009 aconteça em parte do território do país, e anunciou que já entrou em contato com o Exército e a Polícia para conseguir seu respaldo.  Veja também: Governo francês nega ajuda a organizadores do Rally Dakar  Rally Dakar confirma início em Lisboa para edição 2009 O presidente da Febad, Sergio Koski, disse à Agência Efe que há um "consentimento" na entidade para encorajar essa possibilidade, já que a Bolívia "é um país acolhedor que conta com a infra-estrutura hoteleira e belíssimos percursos para este tipo de prova".  Koski disse também que na próxima segunda-feira vai conversar com o Vice-Ministério de Esportes boliviano para que apóie a iniciativa, como fizeram as autoridades governamentais de Chile e Peru.  "Temos certeza do apoio de nosso presidente Evo Morales para um evento internacional dessa magnitude na Bolívia", manifestou o dirigente.  Os organizadores do Dakar deste ano anunciaram a suspensão do rali em 4 de janeiro, em função das ameaças terroristas no território da Mauritânia.

Tudo o que sabemos sobre:
Rally Dakar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.