Andre Penner/AP
Andre Penner/AP

Felipe Massa admite que será difícil voltar em Abu Dabi

Brasileiro deve pilotar carro de 2007 da Ferrari na segunda; ele depende da aprovação dos médicos da FIA

Agencia Estado

08 de outubro de 2009 | 18h31

MARANELLO - Em conversa com cerca de 3.800 fãs que entraram nesta quinta-feira no chat do site oficial da Ferrari, o piloto brasileiro Felipe Massa admitiu que sonha em voltar à Fórmula 1 no GP de Abu Dabi, prova que encerra a atual temporada, no dia 1.º de novembro. Mas ele também explicou que essa possibilidade é realmente "muito pequena".

Veja também:

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

Nesta sexta-feira, em Paris, Massa passará pelos exames da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para saber se já está liberado para pilotar - ele se recupera do grave acidente sofrido no dia 25 de julho, no GP da Hungria. Se receber o sinal positivo, o brasileiro irá para a pista na segunda, com o carro de 2007 da Ferrari.

"Se tudo der certo, como acredito, vou pilotar na segunda-feira. Desejo andar o máximo possível com o carro", afirmou Massa. "Sonho, sim, em disputar o GP de Abu Dabi. Mas essa possibilidade é realmente muito pequena", completou o piloto, que só deve voltar mesmo à Fórmula 1 na próxima temporada, quando terá um novo companheiro na Ferrari.

Massa, inclusive, falou nesta quinta-feira com os fãs sobre a dupla que fará com o espanhol Fernando Alonso, recentemente contratado pela Ferrari para a temporada de 2010. "É simples: nosso objetivo será vencer", avisou o piloto brasileiro, descartando que possa ter qualquer problema de relacionamento com o novo companheiro.

Durante o bate-papo, Massa também confirmou a informação divulgada na quarta-feira sobre a sua participação no GP do Brasil, no dia 18 de outubro, quando dará a bandeirada final na chegada. "Será uma honra para mim", disse o piloto, reconhecendo que irá torcer pelo também brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP, ser o campeão deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe MassaFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.