W Hong/EFE
W Hong/EFE

Felipe Massa comemora boa volta em treino e projeta duelo com Kimi

Ferrari e Williams devem disputar vaga no pódio no GP da China

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2015 | 09h37

A preocupação de sexta-feira deu lugar à confiança neste sábado. Feliz pela quarta colocação no grid de largada do GP da China de Fórmula 1, o brasileiro Felipe Massa já aposta num bom duelo com a Ferrari na corrida deste domingo, depois de mostrar certo desânimo com os problemas no carro da Williams na sexta.

"Estou muito feliz com a minha volta. Consegui tirar o melhor do carro e mostrei que ainda estamos na briga com a Ferrari", declarou o piloto, ao fim do treino classificatório, disputado na madrugada deste sábado.

O bom rendimento na classificação contrasta com as dificuldades enfrentadas na sexta. Uma falha na asa traseira da Williams levou o brasileiro a sofrer um acidente no segundo treino livre. Massa tinha completado apenas sete voltas no Circuito de Xangai naquela sessão.

Apesar da baixa rodagem, o piloto aproveitou as correções no carro da Williams para se destacar neste sábado. "O carro melhorou ao longo do fim de semana e tivemos uns ajustes no acerto antes do treino. Mas amanhã é o que realmente conta. E esperamos ter uma corrida forte", projetou o brasileiro, que vai largar atrás dos carros da Mercedes e da Ferrari do alemão Sebastian Vettel.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da ChinaMassavelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.