Felipe Massa conta com a torcida para conquistar o título

Em Interlagos, brasileiro precisa vencer e torcer para Lewis Hamilton não chegar entre os cinco primeiros

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2008 | 01h18

Se não é de um milagre que Felipe Massa precisa para ser campeão da Fórmula 1 no próximo dia 2, no GP do Brasil, é quase isso. Sua missão é ingrata, já que ele tem de descontar os sete pontos de desvantagem para Lewis Hamilton, mas o piloto da Ferrari se recusa a entregar os pontos. Ele acredita que, em Interlagos, o apoio da torcida brasileira será um trunfo importante. O piloto desembarcou nesta terça-feira em São Paulo, vindo da China, cheio de esperança. E ele tem motivos para estar animado. Em 2006, com a torcida a empurrá-lo, Massa ganhou o GP do Brasil com sobras. E, em 2007, só não repetiu a dose porque teve de ceder a vitória para seu companheiro Kimi Raikkonen, que foi campeão em Interlagos."Pressão da torcida só ajuda", disse Massa, no Aeroporto de Cumbica. "Eu sempre gostei de correr em casa, pois dá para absorver tudo de positivo para fazer o melhor na pista. Os dois anos anteriores mostraram isso."O maior problema de Massa é saber que a vitória em São Paulo não lhe basta para ser campeão. Além de vencer, ele terá de torcer para que Hamilton não termine a prova entre os cinco primeiros colocados. Por isso, o brasileiro prefere não exagerar no otimismo. "Vamos entrar para vencer e o resto que acontecer, só Deus sabe", disse Massa, pronto para ser o primeiro brasileiro campeão da Fórmula 1 desde 1991, ano do último título de Ayrton Senna. "É muito bacana correr em casa, quem sabe com uma pequena chance de vencer (o campeonato)." 

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe MassaFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.