Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Felipe Massa culpa chuva e tráfego por nona posição no grid

Na primeira volta, piloto brasileiro chegou a ficar em terceiro, porém, seu carro caiu de rendimento na segunda e terceira parte do treino

Estadão Conteúdo

23 de agosto de 2014 | 14h12

Felipe Massa começou o treino classificatório do GP da Bélgica em grande ritmo, neste sábado. Chegou a cravar o terceiro tempo no Q1, atrás somente dos carros da Mercedes, que lideram o campeonato. Mas caiu de rendimento na segunda e terceira parte da atividade e só conseguiu o 9º lugar no grid de largada.

O brasileiro culpou o mau tempo e o tráfego na pista de Spa-Francorchamps pela modesta posição no Q3 - o penúltimo lugar em disputa naquela sessão. "A chuva deixou as coisas mais difíceis hoje e impediu que mostrássemos nosso verdadeiro ritmo, que esteve sólido no Q1 e no Q2, mas eu enfrentei tráfego no Q3", declarou Massa.

A aproximação com os carros dos rivais atrapalhou o aquecimento dos pneus, disse o piloto. "Não fui capaz de aquecer meus pneus adequadamente, o que não me permitiu obter aproveitamento completo do carro", declarou o brasileiro. "Mesmo com a pista secando, eu estava mais devagar do que no Q2", argumentou.

Na corrida deste domingo, com largada às 9 horas (de Brasília), Massa vai largar mais uma vez atrás do finlandês Valtteri Bottas. Seu companheiro de equipe partirá do sexto posto do grid.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da BélgicaFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.