Felipe Massa lamenta Schumacher ter ficado 'véio'

Para brasileiro, o piloto da Mercedes é 'excepcional'

TERCIO DAVID, Agência Estado

24 de novembro de 2012 | 09h05

SÃO PAULO - Felipe Massa, da Ferrari, deixou clara toda a sua admiração por Michael Schumacher. O brasileiro rasgou elogios ao ex-companheiro de equipe, nesta sexta-feira, ao comentar sobre a aposentadoria do piloto alemão, heptacampeão da Fórmula 1.

"Acho que ele é um piloto excepcional, que tem todos os recordes da Fórmula 1. Muita gente se esquece disto e de tudo o que ele fez e diz: ''ele não era tudo isso''. E ele era tudo isto", comentou Massa. "Infelizmente ele ficou 'véio' e isto é totalmente natural e a gente tem que aceitar, como ele mesmo teve que aceitar. Ele também já deve ter entendido isto", brincou, arrancando risos dos jornalistas.

"Concordo 100% que chega uma certa idade que o reflexo não é mais o mesmo, a metodologia de trabalho muda e os reflexos também se perdem. Às vezes parece ser apenas um detalhe, mas que é muito importante. Assim como o fator psicológico", analisou o brasileiro. "Não se imagina um jogador de futebol jogando com 43 anos no melhor nível de sua carreira. No esporte é assim".

A admiração por Schumacher, que vai abandonar a Fórmula 1 pela segunda vez após o final do seu contrato com a Mercedes, no final do ano, não é coisa só de Felipe Massa. O brasileiro exemplificou bem toda a idolatria que a categoria tem pelo alemão.

"Ontem (quinta) mesmo eu estava sentando de frente para ele e o (Lewis) Hamilton, que estava do meu lado, olhou para mim e comentou: 'você viu quantas estrelas tem no boné dele?'. Pô, é campeonato pra cacete (sic)", considerou Massa. "Ele ganhou sete campeonatos e por isso é um dos nomes mais importantes da Fórmula 1".

Não é a primeira vez que Schumacher abandona a categoria. Também no GP do Brasil, só que em 2006, o alemão deixou a Fórmula 1, voltando apenas em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.