Mark Thompson/AFP
Mark Thompson/AFP

Felipe Massa lamenta 6º lugar, mas vê resultado bom para Williams

Brasileiro diz que prova no México foi frustrante

Estadão Conteúdo

01 Novembro 2015 | 21h12

O sexto lugar no GP do México, neste domingo, no autódromo Hermanos Rodríguez, na Cidade do México, foi frustrante para o brasileiro Felipe Massa. Isso para ele mesmo, já que para a Williams, a sua equipe, o resultado somado com o terceiro lugar do finlandês Valtteri Bottas foi bom na briga com a Red Bull pela terceira colocação do Mundial de Construtores.

"Fizemos uma boa corrida. Infelizmente acabei usando demais o pneu duro e sofri um pouco mais no final. Perdi uma ultrapassagem por causa disso. Até pedi para a equipe para parar porque teria ainda menos pneus no final da corrida e poderia perder mais colocações. Se eu tivesse parado talvez duas voltas antes, com o Safety Car, talvez eu tivesse ganho as posições que eu estava brigando. Mas marcamos pontos, a briga com a Red Bull continua boa. Para a equipe foi um resultado positivo. Para mim, um pouco menos", disse Massa, em entrevista coletiva após a prova.

Com 243 pontos, a Williams tem boa vantagem para a Red Bull, que está com 172. Faltam duas corridas para o final da temporada - Brasil e Abu Dabi - e o máximo que a escuderia austríaca pode conseguir são 86 pontos.

Já Felipe Nasr fez uma corrida muito fraca até abandonar com a sua Sauber nas últimas voltas com problemas nos freios. "É um problema que a gente vem tendo constantemente. Tive problema ontem (sábado) e hoje (domingo). Fiquei sem freio até abandonar a prova. É uma situação que tem de resolver logo, está repetindo sempre", lamentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.