Felipe Massa não aparece entre os favoritos ao título da F-1

Revista inglesa aposta em Raikkonen, Hamilton ou Alonso; brasileiro crê em disputa acirrada, como em 2007

Livio Oricchio, Enviado Especial - O Estado de S. Paulo

12 de março de 2008 | 10h08

A temporada nem começou e, curiosamente, o ambiente da Fórmula 1 fala dos pilotos que vão lutar pelo título e, dentre eles, o nome de Felipe Massa, da Ferrari, sequer aparece como candidato. A respeitada revista inglesa F1 Racing, por exemplo, na edição que circulou nesta quarta-feira no paddock do circuito Albert Park, em Melbourne, trazia fotos de três pilotos e afirmava que, segundo a maioria dos britânicos, um deles será campeão: Kimi Raikkonen, Ferrari, Lewis Hamilton, McLaren , e Fernando Alonso, Renault. Veja também:Pilotos e equipes da temporada 2008 da F-1Calendário e os circuitos da atual temporada da F-1 A expectativa para o GP da Austrália Blog do Livio: mais informações sobre a Fórmula 1 Reginaldo Leme e Livio Oricchio projetam 2008"É melhor para ele que pensem assim", disse o assessor de Imprensa da Ferrari, Luca Colajanni. Os espanhóis também não crêem que Alonso vá fazer muito no campeonato: "Nos testes, em especial nos últimos em Barcelona, ficou claro que a Renault está muito longe da Ferrari e da McLaren", diz o jornalista Marco Aurélio Cansseco, do influente esportivo espanhol Marca. "Alonso já disse não ter esperanças de vitória tão cedo." Nesta quinta Massa deverá responder à quase provocação que é não ser sequer citado como piloto com chance de disputar o título. Já o inglês Lewis Hamilton não pára de ser o centro das atenções de atividades promocionais. Ele terá de saber administrar muito bem o excesso de interesses que o cerca e exercer a função de piloto, onde milésimos de segundo fazem muita diferença.MESMO PANORAMAA temporada 2008 terá um roteiro parecido com o do Mundial do ano passado, segundo Massa. Para o piloto brasileiro, a equipe italiana e a devem disputar mais uma vez o título do campeonato. "Claro que é importante ter um bom começo de temporada, mas também temos de ir bem no meio e no fim! Quando duas equipes estão muito próximas e competitivas, e acho que será assim novamente neste ano, cada ponto e cada corrida fazem a diferença", disse Massa, quarto colocado em 2007.O brasileiro diz estar confiante no bom desempenho do modelo F2008, mas admite que só após a primeira corrida poderá ter uma idéia mais clara da força das escuderias. "É difícil falar como estamos em termos de confiabilidade, mas é certo que, neste aspecto, começamos melhor que em 2007. Mas só depois do início da corrida que veremos em que é preciso melhorar. A certeza é de que a base sobre a qual começamos é boa. (com Agência Estado)Atualizado às 11h47 para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe MassaFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.