Imre Foeldi/EFE
Imre Foeldi/EFE

Felipe Massa nega ser 2.º piloto da Ferrari e diz que não cederá liderança

Ele garantiu que 'vai vencer' caso se repita o cenário do GP da Alemanha, no último domingo

AE, Agência Estado

29 de julho de 2010 | 12h13

BUDAPESTE - O brasileiro Felipe Massa afirmou nesta quinta-feira não ter intenção de ceder a liderança ao espanhol Fernando Alonso caso os dois estejam lutando pela vitória no GP da Hungria de Fórmula 1, neste fim de semana. Massa garantiu que "vai vencer" caso se repita o cenário do GP da Alemanha, em Hockenheim, no último domingo.

Veja também:

linkBarrichello lamenta por Massa e defende regras rígidas

linkSchumacher conversa com Massa após ordem da Ferrari

blog BLOG DO LÍVIO - Minha opinião sobre os episódios de Hockenheim

ENQUETE - Massa agiu certo ao facilitar a vitória de Alonso no GP da Alemanha?

A Ferrari foi multada em US$ 100 mil, depois que os comissários de pista da prova concluíram que a equipe italiana havia enviado mensagens de rádio instruindo Massa a deixar Alonso assumir a liderança na volta 49. Massa cumpriu a ordem e terminou em segundo enquanto Alonso venceu a corrida.

Massa, que sofreu na Hungria o mais grave acidente da sua carreira, disse que iria deixar a equipe se fosse considerado o segundo piloto. "No momento em que eu disser que eu sou o segundo piloto, eu não vou mais correr", afirmou, negando ter um papel subserviente na Ferrari.

O piloto brasileiro relembrou os campeonatos de 2007 e 2008, quando Massa e Kimi Raikkonen se ajudaram na luta pelo título mundial. "Você se lembra o que aconteceu em 2007 e 2008", disse, ressaltando que, para ele, a Ferrari está acima de interesses individuais. "Se a equipe realmente tem a chance de ganhar o campeonato, eu quero o melhor para a equipe", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.