Marcio Fernandjes/Estadão
Marcio Fernandjes/Estadão

Felipe Massa revela ter visitado Michael Schumacher em hospital na França

Piloto está otimista com recuperação do ex-companheiro de equipe

Ciro Campos, Agência Estado

11 de fevereiro de 2014 | 17h04

SÃO PAULO - O piloto Felipe Massa revelou nesta terça-feira que já visitou o ex-colega de Ferrari Michael Schumacher no hospital em Grenoble, na França, onde o alemão está internado desde que sofreu um grave acidente quando esquiava, no final de 2013. O brasileiro contou ter ido em um dia em que nenhum jornalista estava no local e disse ter se sentido bem por ter visto o amigo dormindo e em quadro estável.

"Rezo todos os dias por ele e espero que o Schumacher seja forte e possa voltar a viver da mesma maneira como antes. Me senti bem por estar lá. Ele estava dormindo como uma pessoa normal e tudo depende da força dele", disse Massa, que foi companheiro de equipe do alemão na Ferrari durante a temporada de 2006.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira em São Paulo o piloto demonstrou estar otimista com a recuperação do colega, que desde o dia 29 de dezembro está internado em estado grave após ter batido a cabeça em um pedra enquanto esquiava nos Alpes franceses. "Você ser esportista ajuda muito na recuperação pela sua saúde. Estou na torcida", comentou.

Massa contou que todo os dias telefona para pessoas próximas ao piloto para saber de notícias e comparou o acidente de Schumacher ao do brasileiro Cristiano da Matta. Em 2006 ele testava na Champ Car, nos Estados Unidos, e ao bater em uma gazela que passou na pista, ficou inconsciente e colidiu no muro. O piloto foi internado, ficou em coma e após 48 dias no hospital, teve alta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.