Diego Azubel/EFE
Diego Azubel/EFE

Felipe Massa teme domínio da Brawn GP na temporada 2009

'Se continuarem assim, eles serão campeões no meio do ano', afirmou o piloto da Ferrari, que larga em sexto

Julian Linden, Reuters

28 de março de 2009 | 10h24

MELBOURNE - O título da Fórmula 1 pode estar definido já na metade da temporada, a menos que as equipes encontrem uma maneira de parar a estreante sensação Brawn GP, disse o ferrarista Felipe Massa neste sábado.

Veja também:

linkDobradinha Button-Barrichello na 1.ª fila do GP da Austrália

 linkMassa se conforma com posição e espera corrida 'difícil'  

linkBarrichello confia em briga pela vitória e no sucesso da Brawn

linkButton esbanja alegria com a pole; Vettel não esconde surpresa

som PODCAST: Livio Oricchio analisa o grid e as chances

especialESPECIAL: Conheça os pilotos e equipes da F-1 2009

especialConfira o calendário (com horários) da temporada

video TV ESTADÃO: O que esperar do começo da disputa?

especialEspecial: jogue o Desafio dos Pilotos

A Ferrari já conquistou 16 títulos do campeonato de construtores, incluindo os últimos dois anos, mas Massa afirmou que a nova escuderia de Ross Brawn parece estar em um nível bem mais acima das demais equipes, depois de dominar o treino classificatório para a abertura da temporada, no GP da Austrália.

A Brawn, que tem como seus dois pilotos o britânico Jenson Button e o brasileiro Rubens Barrichello, deixou seus rivais derrapando em seus próprios erros e conquistou a pole position e o segundo lugar no grid de largada para a corrida de domingo.

O brasileiro disse que estava confiante de que a Ferrari pode diminuir a distância para as outras escuderias em pouco tempo, mas considerou que a Brawn parece estar em nível muito diferente das demais. "A diferença entre mim e o terceiro é pequena, mas é uma grande diferença para os dois da primeira fila", declarou Massa. "Se continuarem assim, eles vão ser campeões no meio do ano", acrescentou.

GUIA CONFIÁVEL

Embora Melbourne seja apenas a primeira das 17 corridas do calendário da Fórmula 1, Massa pode estar certo por se preocupar, já que o GP da Austrália tem provado ser um guia confiável para o campeonato. O vencedor da corrida australiana se tornou o campeão em oito dos últimos 11 anos e nas últimas três temporadas consecutivas.

Apesar de temer a Brawn, Massa disse confiar que a Ferrari ainda possa brigar pelo título. A equipe italiana conquistou apenas um ponto no GP da Austrália da temporada passada, mas mesmo assim venceu o campeonato de construtores. "Eu acredito no meu time, confio nele. Sabemos que somos fortes e também sabemos que somos capazes", afirmou Massa.

Raikkonen, que venceu em Melbourne há dois anos, declarou que não estava surpreso com o desempenho da Brawn no treino, mas que tinha esperança de ter uma performance mais forte de sua própria equipe durante a corrida.

"Eles foram rápidos durante todo o final de semana, foram mais rápidos nos testes, então não acho que seja uma grande surpresa", disse o finlandês. "Acho que devo estar bem para a corrida. Será complicado, mas veremos o que dá para fazer."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.