Felipe Massa, um ilustre desconhecido

Damião Pereira da Silva, segurança do Masp, mal sabia que Felipe Massa existia. Rogério Freitas, que trabalha no Hopi Hari, já o tinha visto numa reportagem, mas provavelmente não o reconheceria na rua. Depois de vê-lo na quarta-feira, os dois já conhecem o novo brasileiro da Fórmula 1. Não só eles como qualquer pessoa que abrir o jornal ou ligar a tevê hoje. Tanta exibição vai aumentar a expectativa. Mas o piloto garante que está pronto para suportar a pressão. Seu empresário também não se preocupa. Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 09h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.