Tom Gandolfini/ AFP
Tom Gandolfini/ AFP

Felipe Nasr admite dificuldades da Sauber na Espanha

Brasileiro espera ajustar carro até treino classificatório de sábado

Estadão Conteúdo

08 de maio de 2015 | 18h21

Após desempenho discreto nos treinos livres que abriram os trabalhos do GP da Espanha, Felipe Nasr admitiu que a Sauber está enfrentando maior dificuldade do que o esperado neste início de temporada europeia da Fórmula 1. O brasileiro foi o 12º no primeiro treino livre desta sexta-feira. E apenas o 15º na sessão seguinte.

"Pela manhã, a aderência da pista estava muito baixa. No entanto, deu para sentir bem o carro. E, com a elevação da temperatura, o carro começou a sair de traseira nos pneus médios e duros. Por isso, foi um pouco difícil extrair o máximo do carro", comentou o brasileiro. 

Nasr acredita que os novos componentes apresentados pela Sauber não foram tão eficientes quanto aqueles exibidos pelos rivais. Preocupado com esta diferença, ele quer avaliar melhor a performance desta sexta a tempo de ajustar o carro para o treino classificatório deste sábado.

"Para amanhã, temos que analisar todos os dados coletados, principalmente aqueles obtidos quando estava mais quente", disse o piloto, já prevendo mais calor na atividade que vai definir o grid de largada em Barcelona.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da EspanhaFelipe Nasr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.