Divulgação/Fórmula E
Divulgação/Fórmula E

Félix da Costa ganha mais uma na Fórmula E; Di Grassi termina em terceiro lugar

Em Berlim, piloto português garante vitória na segunda das seis corridas finais do campeonato

Redação, Estadão Conteúdo

06 de agosto de 2020 | 17h34

O piloto português Antônio Félix da Costa (DS Techeetah) venceu, nesta quinta-feira, a segunda das seis corridas finais do campeonato de Fórmula E (carros elétricos), no circuito do aeroporto de Tempelhof, em Berlim, na Alemanha.

Após largar na pole position, Félix da Costa completou as 38 voltas em 46min19s412, sempre em primeiro lugar, seguido pelo suíço Sébastien Buemi (Nissa), a 3s090 e pelo brasileiro Lucas di Grassi (Mahindra), a 8s296.

Com mais uma vitória, a terceira consecutiva, o português deu mais um importante passo na luta pelo título, ao somar 125 pontos, contra 57 pontos de Di Grassi e Stoffel Vandoorne (Mercedes EQ Team).

"Foi muito difícil. Nunca parei de olhar para os meus retrovisores, o Seb [Buemi] esteve sempre em um excelente ritmo. O time me ajudou muito também. Estes momentos e esta confiança por vezes é rara e fico muito contente que esteja acontecendo comigo", disse o português logo após a prova. "Temos agora 4 corridas pela frente e o equilíbrio será ainda maior daqui para frente. Vai ser duro."

Outros dois brasileiros participaram da prova. Sérgio Sette Câmara (Dragon) chegou em 18º lugar, enquanto Felipe Massa, que chegou a estar em 12ª colocação, mas ficou sem bateria e terminou apenas na 22ª posição.

A Fórmula E volta a correr agora no final de semana, com provas no sábado e no domingo. Para as provas 3 e 4 da maratona de Berlim, a categoria continua usando o traçado original do aeroporto Tempelhof, mas com sentido invertido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.