Fernando Alonso diz que não sentirá falta de Schumacher

Para o bicampeão Fernando Alonso, da McLaren, o sete vezes campeão mundial Michael Schumacher não faz nenhuma falta à Fórmula 1. As declarações do espanhol surpreenderam os outros pilotos, que participaram de uma entrevista oficial no Circuito de Melbourne, local que abrigará no próximo domingo o GP da Austrália."Sinceramente, não sentirei falta dele", contou o espanhol. Em outro local, Felipe Massa, companheiro de Schumacher no ano passado, declarava que sentiria e muito a ausência do alemão, que não disputará uma temporada de Fórmula 1 pela primeira vez desde 1991. Schumacher sequer irá à Austrália. Ele acompanhará o GP pela televisão.Alonso ainda aproveitou para criticar a idéia do inglês Bernie Ecclestone, chefe comercial da Fórmula 1, de realizar corridas noturnas. "Dei algumas voltas em Valência [na Espanha] pela noite. A visão é muito ruim. Não acredito que consigam providenciar uma iluminação capaz de proporcionar uma boa visão para todos."Vencedor do GP da Austrália em 2006, quando competia pela Renault, Alonso contou que espera repetir o resultado nesse ano pela McLaren. "É difícil prever o que pode acontecer na primeira prova. Mas estamos confiantes. Sobre a Renault, não existe muita diferença dela para a McLaren. Aliás, todas as equipes da Fórmula 1 são bem parecidas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.