Fernando Alonso é o mais rápido em Ímola

As equipes de Fórmula 1 iniciaram, hoje, a penúltima série de treinos antes do embarque para a abertura da temporada, dia 7 de março na Austrália. No circuito Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, Itália, trabalharam Renault, Sauber e Jordan. Fernando Alonso, confirmando o que toda a Fórmula 1 vem comentando, de que o modelo R24 da Renault pode ser a surpresa do início do Mundial, foi o mais veloz, com 1min20s493 (77 voltas), apenas 82 milésimos mais lento que o recorde de Michael Schumacher, que hoje testou a Ferrari F2004 em Mugello. Apesar das profundas mudanças na escuderia, até mesmo a perda do diretor-técnico Mike Gascoyne, a Renault dá sinais claros de ter crescido bastante do ano passado para cá. Hoje Jarno Trulli utilizou o segundo R24 da montadora francesa e marcou 1min20s767 (84), segundo tempo. Felipe Massa completou 69 voltas com a Sauber C23 e fez 1min22s028, terceiro. Giancarlo Fisichella, seu companheiro, registrou 1min22s331 (62). Já Schumacher deu 66 voltas em Mugello e fez na melhor 1min19s864. O recorde é de Rubens Barrichello, 1min18s704, do dia 9, com o mesmo carro. A McLaren treinou sozinha no circuito Ricardo Tormo, em Valência. David Coulthard obteve com o MP4/19 o tempo de 1min09s844 (69) e Kimi Raikkonen, 1min10s072 (70). O recorde é de Antonio Pizzonia, com a Williams FW26, marca de 1min09s165. Amanhã Williams, BAR, outra sensação dos testes até agora, Toyota e Jaguar se juntam à McLaren.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.