Fernando Alonso novamente 'joga a toalha' no campeonato

Espanhol larga em quarto no GP do Brasil e torce por nova corrida atípica para conquistar o tricampeonato

Milton Pazzi Jr., do estadao.com.br,

20 de outubro de 2007 | 18h20

Assim como já havia feito antes do GP da China, Fernando Alonso parece já ter jogado a toalha na disputa pelo título deste ano da Fórmula 1. Largando atrás dos rivais na corrida deste domingo, em Interlagos, o espanhol da McLaren fala em tom melancólico sobre suas chances de ser campeão.   Veja também:  Felipe Massa faz a pole para o Grande Prêmio do Brasil   "Largando em quarto, com a mesma estratégia de [Lewis] Hamilton, fica muito difícil pensar em ganhar amanhã [domingo]. Vou precisar para acontecer alguma coisa fora do normal", disse o espanhol, que também precisou contar com o estranho abandono do companheiro de equipe na última etapa para continuar com chances.   "Agora só me resta torcer para que a corrida aqui seja tão estranha quanto na China. Lá planejamos uma prova conservadora, esperando para ver o que acontecia e agora faremos o mesmo e torcer para que tudo dê certo para que tenhamos um final feliz", disse o espanhol.   Alonso tem razão em estar decepcionado com o quarto lugar no grid. Na sexta-feira ele foi o segundo mais veloz do dia, superado apenas por Hamilton, mas à frente dos carros da Ferrari. "Nós fizemos algumas modificações para a classificação, mas acabou não dando o resultado que esperávamos. Não estava sentindo confiança no carro", completou o bicampeão.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.