Albert Gea
Albert Gea

Fernando Alonso pode nunca mais pilotar um Fórmula 1, diz jornal

Para o inglês Daily Mirror, futuro está em xeque após acidente

O Estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 18h38

O piloto espanhol Fernando Alonso poderá nunca voltar a pilotar um Fórmula 1 depois do acidente sofrido durante os treinos em Barcelona. A informação é do jornal britânico "Daily Mirror". Alonso está fora da primeira etapa da temporada da Fórmula 1, realizada no dia 15, na Austrália. A McLaren, no entanto, confirma a participação do espanhol na corrida seguinte, na Malásia, no dia 29 de março. 

De acordo com a publicação, fontes próximas ao piloto estariam preocupadas com o seu estado de saúde, cogitando a possibilidade de ele não poder voltar mais a correr na principal categoria do automobilismo.

As causas do acidente ainda não foram totalmente reveladas. De acordo com a posição oficial da McLaren, uma forte rajada de vento teria sido o motivo da batida no muro. Uma outra hipótese é que o espanhol teria levado uma descarga elétrica dentro do cockpit.

A McLaren afirma que Fernando Alonso sofreu uma concussão (perda de consciência por um período) causada por um forte impacto na cabeça. Para o Grande Prêmio da Austrália, Alonso será substituído pelo dinamarquês Kevin Magnussen. 

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 Alonso acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.