Gerardo Mora/EFE
Gerardo Mora/EFE

Fernando Alonso vence 24 Horas de Daytona reduzida pela chuva

Piloto espanhol triunfa em prova ao lado de Kamui Kobayashi, Jordan Taylor e Renger van der Zande

Redação, Estadão Conteúdo

27 de janeiro de 2019 | 23h09

O espanhol Fernando Alonso pilotou habilmente em uma das condições mais perigosas de sua carreira para conquistar outra vitória em um evento que faz parte da sua lista de coisas a fazer, triunfando, neste domingo, nas 24 Horas de Daytona, ao lado de Kamui Kobayashi, Jordan Taylor e Renger van der Zande.

Alonso conduziu seu Cadillac DPi para o topo em cada um dos seus três revezamentos na prova, incluindo seu último trecho para assumir a liderança sob uma forte chuva, em uma pista escorregadia e com pouca visibilidade. A bandeira vermelha foi acionada minutos depois que o espanhol colocou o carro da equipe Wayne Taylor Racing na frente, e a organização optou por terminar a corrida cerca de duas horas depois.

A decisão de reduzir a prova foi tomada dez minutos antes da conclusão programada e representou a primeira vez que a chuva impediu que as 24 Horas de Daytona fossem realizadas do início ao fim. Foi também a primeira ocasião na história da corrida que o evento foi interrompido duas vezes por bandeiras vermelhas pela chuva. Ao todo, a corrida teve apenas 13h41min16 sob bandeira verde.

A última vez em que Alonso assumiu a liderança foi quando o brasileiro Felipe Nasr não fez uma curva corretamente, indo para onde havia mais água, enquanto o espanhol permaneceu no traçado para ultrapassá-lo.

"É lamentável que não tenhamos completado a distância da corrida, mas nós estávamos na frente à noite, no dia, com a pista seca ou molhada, então eu acho que merecemos de uma certa maneira", disse Alonso.

O espanhol se somou a Phil Hill (1964) e Mario Andretti (1972) como campeões de Fórmula 1 que também venceram as 24 Horas de Daytona, considerado um dos eventos de mais prestígio do automobilismo nos Estados Unidos. Alonso possui dois títulos da categoria, mas a deixou ao fim da temporada 2018.

A conquista deste domingo se junto a outros triunfos na carreira de Alonso, que também já venceu as 24 Horas de Le Mans e as 500 Milhas de Indianápolis. O próximo evento importante de sua lista são as 500 Milhas de Indianápolis, em maio.

O brasleiro Augusto Farfus venceu as 24 Horas de Daytona na classe GTLM ao lado de Connor De Phillippi, Phillip Eng e Colton Herta.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.