Ferrari admite erro na estratégia de Felipe Massa em Mônaco

Chefe da equipe italiana, Stefano Domenicali, reconheceu que escuderia fez uma aposta errada para o pit stop

Agência Estado

26 de maio de 2008 | 12h09

Um erro de estratégia impediu Felipe Massa de conquistar sua primeira vitória em Mônaco, segundo o chefe de equipe da Ferrari Stefano Domenicali. O dirigente reconheceu que a escuderia italiana fez uma aposta errada ao mudar a programação de paradas no box do brasileiro, apostando em chuva na parte final da prova. "Tenho cem por cento de certeza de que ele venceria, porque sua performance estava muito boa", afirmou o chefe da equipe. "Fizemos uma aposta porque havia previsão de mais chuva. Por isso colocamos pneus intermediários no carro dele, para ficarmos prontos para mais água. "Houve muitas circunstâncias que realmente não podemos controlar", afirmou Domenicali, que viu o brasileiro cruzar a linha de chegada na terceira posição, atrás de Lewis Hamilton e Robert Kubica. Kimi Raikkonen, outro piloto da equipe, ficou na nona colocação depois de uma prova repleta de erros. 

Tudo o que sabemos sobre:
FerrariFelipe MassaGP de Mônaco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.