Ferrari ainda acredita no título de Felipe Massa

Presidente Luca Di Montezemolo reconheceu erros da equipe na temporada e diz que confia no brasileiro

EFE

22 de outubro de 2008 | 14h14

O presidente da Ferrari, Luca Di Montezemolo, expressou confiança no piloto brasileiro Felipe Massa para a conquista do Mundial de Fórmula 1, a ser decidido no GP Brasil, em 2 de novembro. Veja também:Chefe da Ferrari diz estar satisfeito com corte de custos na F1   Para ser campeão em Interlagos, o brasileiro precisa tirar uma vantagem de sete pontos em relação ao inglês Lewis Hamilton, da McLaren - entretanto, o rival será campeão com um simples quinto lugar.   "Perdemos muitas chances e tivemos problemas de confiabilidade, mas continuamos aí. E já que o campeonato será decidido no Brasil, esperamos marcar um pênalti no último minuto", comentou Montezemolo, em clara alusão à paixão dos brasileiros pelo futebol.   Em entrevista publicada na edição desta quarta-feira do jornal esportivo italiano "La Gazzetta dello Sport", o proprietário da escuderia disse confiar na equipe, já que o finlandês Kimi Raikkonen está pronto para ajudar seu companheiro, enquanto Massa "vive fase extraordinária e correrá em casa".   Como balanço da temporada, o dirigente destacou que a Ferrari lidera o Mundial de Construtores, mas lamentou os erros cometidos no GP da China.   "Estou chateado porque na China tivemos a pior atuação da temporada em termos de competitividade", completou.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.