Ferrari apresenta modelo 2002

O projetista-chefe da Ferrari, o sul-africano Rory Byrne, demonstrou ser adepto da filosofia ?não se mexe em time que está ganhando?. O modelo F2002 da equipe italiana, apresentado nesta quarta-feira em Maranello, adotou a mesma receita técnica vencedora do monoposto do ano passado, campeão do mundo com Michael Schumacher. ?Mesmo sendo um desenvolvimento dos conceitos empregados no F1-2001, o F2002 é o melhor carro que a Ferrari já produziu?, afirmou Byrne. Schumacher também já deu a sua opinião: ?Quero iniciar o campeonato com o F2002?. No sábado, em Fiorano, o piloto alemão já terá uma noção se a conquista do quinto título da carreira será mais ou menos difícil. Ele irá testar pela primeira vez o novo carro da Ferrari.Ross Brawn, diretor-técnico, terá apenas duas semanas para coordenar o trabalho de desenvolvimento do monoposto, daí o próprio Brawn reconhecer a possibilidade de Schumacher e Rubens Barrichello correrem com o F1-2001 em Melbourne, no dia 3 de março.A Ferrari marca pontos no campeonato há 36 corridas seguidas. ?Se o F2002 apresentar alguns problemas usaremos o F1-2001 e sua conhecida resistência.?, afirmou Ross Brawn. Apesar de o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, dizer que a nova McLaren é uma ?cópia da Ferrari de 2001?, o modelo italiano apresentado nesta quarta-feira mostrou que Byrne também se inspirou em Adrian Newey, projetista da McLaren. A aerodinâmica em torno do cockpit, bem como o sistema de escoamento do ar quente dos radiadores da nova Ferrari foram, nitidamente, inspirados no carro da McLaren de 2001. De um modo geral, porém, Byrne procurou aperfeiçoar cada detalhe do F1-2001, sem radicalizar em nada. A Ferrari F2002 tem um novo motor, denominado 051, uma caixa de marchas em titânio, cujo segredo, anunciado por Montezemolo, ainda são foi desvendado. Se é que existe. Veja o especial sobre a Ferrari

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.