Claude Paris/AP
Claude Paris/AP

Ferrari continuará na Fórmula 1 em 2010, diz Montezemolo

Presidente da equipe italiana diz que 'no próximo ano a escuderia participará, se houver um campeonato'

Ansa

25 de maio de 2009 | 13h34

 MARANELLO - O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, disse nesta segunda-feira que "no próximo ano a escuderia participará, se houver um campeonato de Fórmula 1".

Veja também:

linkWilliams é 1.ª a se inscrever para Mundial de 2010

linkMosley diz estar convencido de que Ferrari fica na F-1

"No momento, veremos o que acontece. Não acrescento nada", prosseguiu Montezemolo, comentando o impasse entre a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e Associação de Escuderias da Fórmula 1 (Fota) a respeito do teto orçamentário de US$ 63 milhões por equipe para a temporada 2010.

A Ferrari liderava um movimento contra a FIA, que pretende impor limites de gastos para a categoria. A escuderia de Maranello contava com o apoio da Toro Rosso, da Red Bull, da Renault e da Toyota.

Na semana passada, a equipe italiana perdeu no Tribunal de Grande Instância de Paris uma ação que movia contra a FIA. Após a decisão judicial, a Ferrari ameaçou deixar a categoria se a nova regra sobre gastos não fosse revista. E chama o regulamento atualmente proposto para a próxima temporada de "GP3".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.