Ferrari pode aprovar mudanças na F-1

Nem tudo o que consta no pacote de mudanças propostopor Ecclestone e o presidente da Federação Internacional deAutomobilismo (FIA), Max Mosley, para modificar a Fórmula 1, foicondenado pelo presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo. "Dentre o que querem fazer com a Fórmula 1, a volta dassessões de classificação às sextas-feiras, além daquela desábado, é mais coerente." O dirigente aceita também o uso de umúnico motor durante todo o fim de semana de corrida. A Ferraricelebra domingo, no circuito de Misano, com quase seus 800integrantes, a conquista dos títulos de pilotos e construtoresnesta temporada. Schumi - O veículo de imprensa que utilizar o nome "Schumi" referindo-se a Michael Schumacher, como se faz em quase todo o mundo, poderá ser multado em 10 mil euros. O bancário e radialista alemão Michael Schuster, da pequena cidade de Freudenstadt, ganhou na justiça alemã o direito exclusivo de usar o nome em publicidade, merchandising, entretenimento e atividades culturais e esportivas. Schuster reuniu provas e testemunhas de que há mais de 30 anos vem sendo chamado de Schumi. Sua primeira reação com a vitória: tentar vender o direito adquirido para o próprio Schumacher por 1 milhão de euros. Willi Weber, empresário do piloto, não se interessou: "Abundam os tipos que pretendem fazer dinheiro com o nome Schumi. Agora vamos apelar da decisão da justiça."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.