Ferrari suspeitava do motor de Raikkonen antes da corrida

A Ferrari estava preocupada com o motordo carro de Kimi Raikkonen antes dele falhar no Grande Prêmioda Europa, o que prejudicou as esperanças da equipe de setornar campeã da Fórmula 1. A equipe italiana disse em seu site (www.ferrariworld.com)que tinha razões para suspeitar que a falha fosse similar à quetirou a vitória do brasileiro Felipe Massa no Grande Prêmio daHungria. A análise inicial do motor de Raikkonen confirmou que oproblema que tirou Raikkonen da prova é o mesmo que causou aretirada de Massa no GP húngaro, mas estão sendo feitas maischecagens na fábrica da Ferrari em Maranello. "Os engenheiros sabiam de um risco potencial em termosgerais com o motor 056 no carro de Kimi, que estava em suasegunda corrida", disse a Ferrari."Trocar o motor do carro de Kimi teria prejudicado a largada dofinlandês, numa pista em que ultrapassagens pareciamimpossíveis, provando que não basta trazer a Fórmula 1 para umcircuito urbano em uma locação fantástica para fazer umacorrida espetacular."Raikkonen estava em segundo lugar no campeonato, cinco pontosatrás do líder Lewis Hamilton, da McLaren, antes do novocircuito urbano, em Valência. O abandono da fez o finlandês cair para a terceira posição,13 pontos atrás do britânico, faltando seis corridas para ofinal do campeonato. (Por Alan Baldwin)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.