Ferrari tem pressa em lançar novo carro

A Ferrari está preocupada com o possível crescimento das rivais McLaren e Williams. É o que mostra a intenção de, em 2004, estrear o carro novo já na primeira prova do campeonato, o GP da Austrália, em março. A revelação foi do diretor esportivo da escuderia, Jean Todt. Nos últimos anos, a equipe tem deixado para estrear os novos modelos quando a Fórmula 1 chega à Europa. Nesta temporada, por exemplo, o F2003-GA, fez sua primeira corrida na Espanha, o quinto do Mundial. No entanto, os planos agora são outros. "Queremos apresentar o carro novo em janeiro, para que ele tenha condições de estrear já na primeira prova?, disse Todt ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport. A pressa se justifica: a McLaren já apresentou e está testando o seu carro para 2004, o MP4/19, enquanto a Williams vai lançar o FW26 em 5 de janeiro. Mal-estar - Ralf Schumacher e Frank Williams não andam se entendendo. Segundo o jornal alemão Bild, a negociação da renovação do contrato do piloto com a Williams foi interrompida por Frank, irritado com a intransigência do empresário do piloto, Willi Weber. O contrato de Ralf só termina em 2005, mas Frank buscava antecipar a renovação, depois de perder Juan Pablo Montoya (vai para a McLaren ao final de 2004). O problema é que o piloto quer ganhar mais do que os US$ 15 milhões anuais que recebe atualmente, enquanto a equipe quer reduzir seus ganhos para US$ 9 milhões/ano. Ralf e Weber, claro, não aceitam. A negociação emperrou, o que deixou Frank contrariado. "Ele perdeu a paciência e decidiu interromper o trato?, disse um integrante da Williams ao Bild. Mas o piloto não se abala. "Minha meta para 2005 é ter um contrato melhor do que o atual. Sinto-me bem na Williams, mas há outras equipes fortes.? Ayrton Senna - O tricampeão vai ser homenageado em Ímola, onde morreu em 1994, na semana do GP de San Marino de 2004. A Sagis, administradora do local, informou que a tribuna principal do autódromo receberá o nome de Ayrton Senna. Também está nos planos organizar uma partida de futebol com a presença de vários jogadores da seleção brasileira que conquistou o tetracampeonato mundial nos Estados Unidos. Treino - Sob chuva, Luca Badoer, com a Ferrari, foi o mais rápido hoje, no último dia de testes em Jerez. Fez 1min25s795 (73 voltas). Os dois brasileiros que foram à pista também com a Ferrari, Felipe Massa e Luciano Burti, fizeram o segundo (1min26s544, 16 voltas) e o terceiro tempos (1min26s938, 27), respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.