EFE<br>
EFE

Ferrari testará novidades nos EUA já pensando em 2015

Decepcionada com o desempenho da equipe no ano, com apenas dois pódios até o momento, direção da escuderia quer mudanças

Estadão Conteúdo

29 de outubro de 2014 | 14h37

Sem muitas pretensões na reta final da temporada 2014 da Fórmula 1, a Ferrari vai aproveitar as duas próximas provas, os GPs dos Estados Unidos e do Brasil, para testar novidades visando o campeonato de 2015, além de comparar o desempenho com o das outras equipes que compõem o grid, como explicou Pat Fry, diretor de engenharia da escuderia.

"A semana extra nos deu mais tempo para ficarmos prontos e também para preparar alguns itens para testes específicos. Eles são todos destinadas a aprender sobre o desempenho do carro e tentar melhorar, mas nesta fase do ano, é mais visando 2015", disse o dirigente ao site oficial da Ferrari.

Em uma temporada dominada pela Mercedes, a Ferrari vem tendo resultados decepcionantes, tanto que só subiu ao pódio duas vezes em 16 corridas já realizadas e ocupa a quarta colocação no Mundial de Construtores. Assim, agora a equipe se concentra em ter condições de ser mais competitiva em 2015.

"Precisamos trabalhar em todas as áreas do carro e nós estabelecemos algumas metas exigentes para motor e desenvolvimento aerodinâmico, sendo que ambos são fundamentais. Temos que alcançar essas metas para sermos competitivos e isso é o foco principal na fábrica agora, como será nos próximos cinco meses", afirmou.

O dirigente acredita que o desempenho dos pneus será decisivo para a definição do GP dos Estados Unidos, que será disputado neste domingo em Austin. "O principal fator que dominou as duas últimas corridas que tivemos aqui foi os pneus e o desempenho dos carros em Austin realmente vai depender do quão bem nós vamos trabalhar com os pneus".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.