Ferrari vê McLaren mais uma vez como principal ameaça

Os pilotos daFerrari Kimi Raikkonen e Felipe Massa acreditam que a McLarenserá mais uma vez sua principal concorrente neste ano, apesarde o bicampeão mundial Fernando Alonso ter ido para a Renault. Raikkonen conquistou o título mundial do ano passado àfrente da dupla da McLaren Lewis Hamilton e Alonso, e a Ferrarificou com o troféu dos construtores, após a exclusão da McLarenda competição por equipes devido a um escândalo de espionagem. Alonso deixou a McLaren depois de apenas uma temporada evoltou para a Renault, que teve uma péssima atuação no anopassado, mas levou o espanhol aos títulos de 2005 e 2006. "Com certeza, a McLaren estará concorrente conosco como noano passado. Mas nós temos que esperar pelas duas primeirascorridas para ter a noção exata", disse Raikkonen em entrevistacoletiva no retiro de inverno da Ferrari, no norte da Itália. "(Com Alonso) tudo depende de como estará o carro daRenault. Com certeza ele pode andar rápido." Alonso foi substituído na McLaren pelo ex-piloto da RenaultHeikki Kovalainen para esta temporada, que começa em Melbourne,no dia 16 de março. Raikkonen acredita que seu compatriota finlandês poderáentrar na luta pelo título, mas indicou que seria melhor para aMcLaren evitar uma repetição das disputas internas do anopassado, quando Hamilton e Alonso chegaram a se desentenderfora das pistas. Antes do início da temporada passada, Raikkonen trocou aMcLaren pela Ferrari. "A maior diferença é que essa é uma equipe italiana. Todomundo tem um jeito diferente de trabalhar. Mas com certeza euestou feliz onde estou agora", acrescentou. Felipe Massa, que terminou a temporada em quarto no anopassado, está curioso para saber qual será o comportamento deHamilton, após o britânico ter liderado o campeonato de 2007pela maior parte do tempo em sua estréia na categoria, masacabou batido no final. "Ele foi muito rápido em seu primeiro ano na Fórmula 1.Baseado no que ele apreendeu, eu não sei o que aconteceu nasduas últimas corridas. Não foi bom ter uma temporada incrível eterminar da forma que ele terminou", disse Massa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.