FIA abre processo para escolher as novas equipes para a F-1 em 2011

Entidade diz que selecionará 'uma ou mais possíveis equipes 'reservas' para ocupar tais vagas' e cobra uma taxa de mil euros pela inscrição

EFE

19 de março de 2010 | 14h47

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu abrir um processo de seleção para escuderias interessadas em cobrir eventuais vagas para o Mundial de Fórmula 1 de 2011.

Em comunicado disponível em seu site, a FIA diz que selecionará "uma ou mais possíveis equipes 'reservas' para ocupar tais vagas".

A FIA levará em conta especialmente o compromisso das equipes aspirantes, que deverão estar em condições de competir nos campeonatos de 2011 e 2012.

Os detalhes do processo, assim como os critérios de seleção, serão comunicados aos candidatos que tenham manifestado expressamente seu interesse à FIA até as 13 horas (horário de Brasília) do próximo dia 15. Também será necessário pagar uma taxa de inscrição de mil euros (cerca de R$ 2,4 mil).

Segundo a FIA, os critérios de seleção incluirão capacidade técnica; capacidade de garantir recursos financeiros; experiência e recursos humanos; e o valor que a nova equipe pode agregar ao campeonato.

Ainda de acordo com a nota, a escolha dos candidatos está prevista para julho.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FIAvelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.