FIA confirma GP de Silverstone 2002

A Fórmula 1 vai correr em Silverstone em 2002. A realização do GP da Grã-Bretanha no circuito, em 7 de julho, foi confirmada nesta sexta-feira pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Para garantir a prova, até o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, apelou à entidade. A FIA havia ameaçado retirar a prova do calendário por causa dos constantes problemas de acesso do público ao circuito, mas decidiu por sua manutenção após receber garantias de que serão feitas as obras necessárias para evitar a repetição dos congestionamentos verificados dos últimos anos.A confirmação do GP da Grã-Bretanha ocorreu durante reunião do Conselho Mundial da FIA, realizada em Montecarlo. Para isso, a promotora do GP, a Octagon Motorsport, e o British Racing Drivers Club, a associação de pilotos do país, se comprometeram a investir cerca de US$ 15 milhões em obras que facilitarão o acesso do público - nos últimos anos, centenas de pessoas ficaram presas no trânsito e não chegaram ao autódromo.A organização também se comprometeu a criar estacionamentos e implantar uma linha gratuita de ônibus para que os torcedores possam entrar e sair de Silverstone com mais tranqüilidade e rapidez. O presidente da FIA, o inglês Max Mosley, não acredita em problemas. "A FIA recebeu garantias de que o caos dos últimos anos não se repetirá?, disse o dirigente.O Mundial 2002 de Fórmula 1 começa em 3 de março, na Austrália, e terá 17 etapas. O GP Brasil, segundo do ano, será em 31 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.