FIA diz que não há concessão sobre teto orçamentário

O presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley, disse que não haverá uma concessão sobre o proposto teto orçamentário para a próxima temporada da Fórmula 1, e que as equipes vão reconsiderar suas posições.

REUTERS

15 de maio de 2009 | 13h18

Mosley acrescentou que a Ferrari, que ameaçou deixar a Fórmula 1 no próximo ano, vai entrar com uma ação na Justiça da França para tentar impedir as mudanças de regras propostas para a próxima temporada.

Mosley falou após uma reunião da FIA com as equipes em Londres.

Tudo o que sabemos sobre:
FIMOSLEYREUNIAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.