FIA faz Ferrari e Red Bull seguirem programa de testes

Ferrari e Red Bull tinham como plano voltar à pista do Circuito da Catalunha entre esta sexta e a próxima segunda-feira, mas uma norma da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decretou que as equipes deverão seguir o cronograma e realizar os testes no mesmo período que as outras escuderias: entre quinta e domingo.

AE, Agência Estado

28 de fevereiro de 2012 | 09h47

Por meio de um comunicado, a Ferrari revelou que a FIA utilizou-se do artigo 22.4 de seu regulamento, que aponta que nenhum teste pode ser realizado "entre o começo da semana anterior à primeira prova da temporada e o dia 31 de dezembro do mesmo ano". As únicas exceções são feitas às sessões em linha reta e as com novos pilotos.

A primeira prova do calendário 2012 da Fórmula 1 é o GP da Austrália, no dia 18 de março, mas a entidade máxima do automobilismo explicou que a restrição aos testes começa a vigorar já a partir do dia 5 de março. Também neste caso haverá uma exceção, já que as equipes farão uma quarta sessão coletiva em Mugello, na Itália, entre os dias 1.º e 3 de maio.

Assim, os quatro dias de testes em Barcelona, que começarão nesta sexta-feira, serão os últimos antes do início da temporada. Pela Ferrari, Felipe Massa será o primeiro a ir a pista, intercalando os dias com seu companheiro Fernando Alonso. A Red Bull também seguirá este revezamento, com Mark Webber pilotando na sexta, seguido de Sebastian Vettel, no sábado.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1testesRed BullFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.