Arquivo/AE
Arquivo/AE

FIA investiga acidente de Nelsinho em Cingapura em 2008

Batida teria sido proposital e fruto de ordens da Renault, para favorecer o vencedor Fernando Alonso

EFE

30 de agosto de 2009 | 14h11

PARIS - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) abriu uma investigação sobre a vitória do espanhol Fernando Alonso no Grande Prêmio de Cingapura do ano passado e sua relação com um acidente envolvendo o brasileiro Nelsinho Piquet, como noticia neste domingo o site especializado Autosport.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

Na corrida, Alonso venceu contrariando todas as previsões, já que largava em 15.º. A presença do safety car (carro de segurança) no início do GP, após um acidente envolvendo seu então companheiro de Renault, Nelsinho, foi crucial para sua vitória.

Chegou-se a dizer, na ocasião, que o acidente de Nelsinho foi proposital e fruto de ordens de equipe, o que foi negado pelo brasileiro, que não está mais na Renault.

Segundo informa o Autosport, ainda não se sabe se a investigação da FIA é devido a uma acusação direta de Nelsinho, que teria problemas com sua antiga escuderia e especialmente com seu diretor, o italiano Flavio Briatore, ou se é uma iniciativa própria do organismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.