FIA mantém Kers e título por pontos na F-1 para 2010

Outra mudança é na classificação dos GPs: o número de carros eliminados sobe de cinco para oito

EFE

20 de agosto de 2009 | 11h19

PARIS - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu manter o Sistema de Recuperação da Energia Cinética (Kers, em inglês) no regulamento do Mundial de Fórmula 1 do ano que vem, assim como a definição do campeão por pontos.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

Estas são as principais novidades entre as novas regras anunciadas nesta quinta-feira pela FIA em sua sede, na cidade de Paris.

Foi mantida a definição do campeão por pontos, o que mostra que a ideia de definir o vencedor da temporada pelo número de vitórias, que chegou a ser imposta pela FIA este ano, parece ter sido esquecida.

Outra mudança é no sistema de classificação nas corridas: o número de carros eliminados na primeira e segunda fase de classificação das corridas subirá de cinco para oito, em razão do aumento de veículos - 26, com 13 equipes.

Mas o total de escuderias pode cair para 12 se a FIA não substituir a BMW, que anunciou sua retirada da Fórmula 1 em julho.

Quem terminar na primeira colocação nas corridas levará 10 pontos, o segundo 8 e o terceiro, 6. O quarto ganha 5, o quinto 4 e assim sucessivamente até o oitavo, que ficará com 1.

Além disso, o peso mínimo dos veículos subiu para até 620 quilos, já pensando em compensar o aumento de peso para a instalação do Kers, que representa um acréscimo de entre 30 e 40 quilos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.