FIA nega recurso e mantém 8.ª posição de Sutil no Japão

Toro Rosso reclama da punição a Liuzzi, que lhe tira o ponto conquistado

Efe,

13 de outubro de 2007 | 10h47

A equipe Spyker manterá o ponto conseguido pelo alemão Adrian Sutil, no Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, após o recurso perpetrado pela equipe Toro Rosso para recuperar a oitava colocação ter sido negado pelo tribunal de apelações da FIA. Este foi o primeiro ponto do time nesta temporada.   O italiano Vitantonio Liuzzi cruzou  a linha de chegada no Japão na oitava posição, à frente de Sutil, mas os juízes consideraram que o italiano ultrapassou o alemão com a bandeira amarela, e por isso foi punido com 25 segundos no tempo total da corrida e relegado à nona colocação.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.