FIA tira culpa de equipes com Michelin

Em decisão anunciada nesta sexta-feira, o Conselho Mundial da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) decidiu cancelar o veredicto de culpa das escuderias que usam pneus Michelin no GP dos Estados Unidos, em Indianapolis, no último dia 19 de junho. Na ocasião, a fábrica francesa não tinha como assegurar a segurança de seus pneus na corrida e, por isso, as sete equipes - exceto Ferrari, Jordan e Minardi - se retiraram do GP. A FIA divulgou, em Hockenheim, que a decisão foi tomada depois de uma votação entre os membros do Conselho Mundial do Motor. ?Todos votaram de forma esmagadora a favor de aceitar a recomendação do Senado da FIA em relação aos incidentes do GP dos Estados Unidos de 2005. Por isso, os veredictos de culpabilidade de 29 de junho foram cancelados?, informou o comunicado oficial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.