Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

FIA vai julgar recurso da Red Bull no dia 14 de abril

Equipe austríaca critica decisão da entidade de desclassificar Daniel Ricciardo no GP da Austrália

AE, Agência Estado

21 de março de 2014 | 15h25

LONDRES - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta sexta-feira que o recurso apresentado pela Red Bull, contra a desclassificação do piloto Daniel Ricciardo no GP da Austrália, será julgado no dia 14 de abril, na segunda-feira da semana em que será disputado o GP da China.

A expectativa da Corte Internacional de Apelação, sediada em Paris, na França, é de que a decisão seja divulgada no mesmo dia, logo após o julgamento. O recurso da Red Bull foi entregue à FIA na quarta-feira.

Nele, a equipe austríaca criticou a eliminação do seu piloto e reiterou que a FIA já estava sabendo das oscilações do medidor de fluxo de combustível dos novos carros da Fórmula 1.

"Inconsistências com o medidor de fluxo de combustível da FIA foram predominantes no fim de semana todo no pit lane. A equipe e a Renault estão confiantes de que o combustível fornecido ao motor está em plena conformidade com os regulamentos", registrou a Red Bull

Ricciardo terminou a corrida em segundo lugar, mas perdeu os pontos e o lugar no pódio porque seu carro apresentou irregularidades em relação ao fluxo de combustível, que teria excedido os 100kg/h, na inspeção técnica realizada ao fim da prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.