Jens Wolf/EFE
Jens Wolf/EFE

Filho de Schumacher causa alvoroço em testes da F-4 alemã

Mick Schumacher correrá ao lado do filho de Adrian Newey

O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2015 | 13h37

Os treinos coletivos da Fórmula 4 alemã, no circuito de Oschersleben, nesta quarta-feira, atraíram uma multidão de jornalistas. Isso porque, pela primeira vez, o filho de Michael Schumacher, Mick, pôde ser visto oficialmente no automobilismo. Ele disputará a temporada da categoria pela equipe holandesa Van Amersfoot ao lado de Harrison Newey, filho do famoso projetista Adrian Newey, atual diretor-técnico da Red Bull.

Mick Schumacher foi o primeiro piloto a assinar com a Van Amersfoot para a temporada da categoria que teve sua primeira edição em 2015. Durante um teste privado em março, a promessa de 16 anos acabou batendo com o carro da equipe duas semanas após assinar seu contrato. Harrison Newey também tem apenas 16 anos de idade e ambos formarão a dupla de pilotos da escuderia, que, apenas pelos sobrenomes, já é a mais badalada da Fórmula 4 da Alemanha.

Michael Schumacher, pai de Mick, dispensa apresentações. Heptacampeão mundial de Fórmula 1, o alemão é considerado por muitos o maior nome da história do automobilismo. No ano passado, porém, sofreu um acidente enquanto andava de esqui e entrou em coma. Seu estado de saúde ainda é preocupante e mobiliza fãs da modalidade ao redor do mundo.

Adrian Newey, por sua vez, também é um nome extremamente respeitado dentro da Fórmula 1. O engenheiro também é considerado o maior nome entre os projetistas. Entre seus trabalhos, estão a Williams de Prost (1993) e Senna (1994), além da McLaren de Mika Hakkinen (1998 e 1999) e a Red Bull de Sebastian Vettel (de 2010 a 2013). O projetista acumula nada menos do que dez títulos de mundiais de construtores em sua carreira na F-1.

O chefe da Van Amersfoot, porém, tratou de minimizar a expectativa em cima dos jovens pilotos: "Claro que sabemos que o pai dele (Schumacher) é sete vezes campeão do mundo, mas queremos enfatizar que Mick vai precisar de tempo para aprender o percurso de um piloto", ponderou. O diário alemão Die Welt informa que mais de 100 jornalistas se credenciaram para cobrir os treinos desta quarta-feira. Mick Schumacher fez o sétimo melhor tempo da primeira sessão e o quinto na segunda.

Em 2014, a Van Amersfoot tratou de revelar o piloto Max Verstappen, atualmente na Toro Rosso e o piloto mais jovem a guiar um Fórmula 1 na história. A estreia de Mick e Harrison na Fórmula 4 da Alemanha está marcada para 25 de abril, também no circuito de Oschersleben.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.