Agliberto Lima/AE
Agliberto Lima/AE

Final da Stock Car 2021 pode ter título inédito ou tetracampeonato; conheça todos os campeões

Gabriel Casagrande e Daniel Serra lutam para levar o título da temporada; confira o ranking de títulos da categoria, que estreou em 1979 e pode ter seu 19º vencedor

João Paulo dos Santos, Especial para o Estadão

12 de dezembro de 2021 | 08h00

Neste domingo, 12, na Super Final no Autódromo de Interlagos, a Stock Car conhecerá o campeão da temporada 2021. Na briga estão o líder do campeonato, Gabriel Casagrande, que tem 338 pontos, e o vice-líder, Daniel Serra, que está 27 pontos atrás, com 311 pontos. O Estadão transmite ao vivo todas as emoções das corridas decisivas a partir de 13h40.

 

Na liderança e aos 26 anos, Casagrande busca seu primeiro título da categoria. O piloto, que é uma das caras da nova geração que vem se consolidando, entrou na Stock Car em 2013 e vem subindo de produção até a atual temporada. Ele pode se tornar o 19º vencedor da principal categoria do automobilismo nacional.

Tentando impedir Casagrande de ganhar seu primeiro troféu, o tricampeão Daniel Serra quer conquistar seu quarto título, ultrapassando o próprio pai, Chico Serra, e o companheiro de equipe, Ricardo Maurício, para se juntar a Paulo Gomes como terceiro maior campeão da Stock Car.

Confira todos os campeões da Stock Car em suas 42 edições, de 1979 até 2020:

1º - Ingo Hoffman - 12 títulos

Lenda da categoria, Ingo Hoffman ganhou doze títulos (1980, 1985, 1989, 1990, 1991, 1992, 1993, 1994, 1996, 1997, 1998 e 2002), sendo também dono da maior número de títulos seguidos, num total 6. O piloto correu na Stock Car por 30 temporadas e estava em seu início em 1979. Hoffman aposentou após a temporada de 2008, mas até hoje é o maior campeão e recordista de provas disputadas.

2º - Cacá Bueno - 5 títulos

Com 5 títulos, Cacá Bueno é o segundo maior vencedor da categoria, tendo estreado em 2002, no ano do último título de Ingo Hoffman, o carioca ganhou a Stock Car nas temporadas de 2006, 2007, 2009, 2011 e 2012. Ainda em atividade aos 44 anos, é também o segundo em largadas. 

3º - Paulo Gomes - 4 títulos

Campeão da temporada inaugural da Stock Car, Paulo Gomes conquistou o título quatro vezes, nos anos de 1979, 1983, 1984 e 1995. Paulo Gomes foi o principal rival de Ingo Hoffman nos anos 80 e 90 correndo na categoria de 1979 até 2003 de forma ininterrupta. O piloto voltou à Stock em 2007 para correr as últimas seis corridas da temporada, sempre utilizando durante toda sua carreira o número 22 no seu carro.

4º -  Ângelo Giombelli; Chico Serra; Daniel Serra e Ricardo Maurício - 3 títulos

Na quarta colocação do ranking de maiores campeões da Stock Car existem quatro pilotos empatados,  Ângelo Giombelli que venceu nos anos 1991, 1992 e 1993, em parceria com Ingo Hoffmann, quando a categoria era disputada em duplas. 

Pai e filho, Chico e Daniel Serra também levaram o título em 3 oportunidades, sendo o pai em 1999, 2000 e 2001 e o filho em 2017, 2018 e 2019, repetindo o feito do pai em conquistar três troféus seguidos. Ainda em quarto colocado no ranking, o atual campeão Ricardo Maurício é outro piloto que ganhou três vezes a Stock Car, saindo como vitorioso em 2008, 2013 e 2020.

8º - Giuliano Losacco - 2 títulos

O piloto Giuliano Losacco é o único que conquistou dois títulos na Stock Car, saindo vitorioso em 2004 e 2005, nessa última protagonizando ótimas disputas com Cacá Bueno, que viria a ser pentacampeão em seguida.

9º - Affonso Giaffone Júnior; Alencar Jr.; Marcos Gracia; Zeca Giaffone; Fábio Sotto Mayor; David Muffato; Max Wilson; Rubens Barrichello; Marcos Gomes e Felipe Fraga - 1 título

10 pilotos estão na prateleira dos que conquistaram um título na Stock Car, entre eles Rubens Barrichello, que venceu em 2014, após deixar a Fórmula 1. Affonso Giaffone Júnior (1981); Alencar Júnior. (1982); Marcos Gracia (1986); Zeca Giaffone (1987); Fábio Sotto Mayor (1988); David Muffato (2003); Max Wilson (2010); Marcos Gomes (2015) e Felipe Fraga (2016) foram os outros campeões da maior categoria do automobilismo da América Latina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.