Fisichella afirma que Force India será competitiva na F-1

Piloto italiano confia no orçamento disponibilizado para pilotar um carro competitivo

Efe

10 de janeiro de 2008 | 17h51

O veterano italiano Giancarlo Fisichella, confirmado como piloto titular da Force India, afirmou, nesta terça-feira, que a equipe pode ser competitiva nesta temporada da Fórmula 1. "Com os novos proprietários e um orçamento competitivo, a próxima temporada pode ser muito boa. Estou muito motivado e preparado para ajudar a equipe a somar pontos regularmente", disse o italiano durante a apresentação dos pilotos da escuderia, ex-Spyker."Comprovei que esta é uma equipe profissional e comprometida já nos testes de Jerez. Espero que minha experiência possa ajudar a fazer com que as metas sejam alcançadas", completou o piloto romano, de 34 anos.O italiano aproveitou para criticar os que apontavam o fim de sua carreira na principal categoria do automobilismo: "Esta não era minha única opção para continuar na Fórmula 1, mas a melhor", comentou.O indiano Vijay Mallya, co-proprietário da equipe, afirmou que a experiência foi fundamental na escolha de Fisichella como piloto número um para este ano."Ele já competiu com os melhores do ramo. Sua experiência e perícia para ajudar os engenheiros no desenvolvimento do carro também foi um fator-chave", disse Mallya ao justificar a contratação do italiano.O companheiro de Fisichella será o alemão Adrian Sutil, que estava na equipe ano passado. O também italiano Vitantonio Liuzzi será o piloto de testes e reserva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.