Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Fisichella, da Renault, sonha com pódio no GP da Austrália

O piloto italiano Giancarlo Fisichella, da Renault, disse nesta segunda-feira que, se não for possível lutar pela vitória no Grande Prêmio da Austrália, tentará pelo menos terminar no pódio na primeira prova do Mundial da Fórmula 1, no próximo domingo. "Meu objetivo na Austrália é somar o maior número de pontos nas primeiras corridas do ano. Se perceber que não será possível lutar pela vitória, tentarei fazer com que meus adversários pontuem o menos possível e, pelo menos, tentar subir ao pódio", afirmou o piloto.Ao falar sobre o R27, novo carro da equipe, Fisichella disse: "O R27 é uma evolução do R26 e do R25, dois carros que foram rápidos em Melbourne. Temos uma boa base e um carro com muito potencial. Trabalhamos muito para sermos capazes de lutar para estar na frente desde o início".Na opinião do italiano, Ferrari, McLaren e a própria Renault voltam a ser as principais candidatas ao título, mas BMW-Sauber e Williams correm por fora. "Mas é preciso esperar a primeira corrida para ver exatamente como cada um está", apontou.Ao falar sobre o circuito Albert Park, de Melbourne, o piloto da Itália comentou: "Trata-se de um dos meus circuitos favoritos. Ainda tenho muito boas lembranças da minha vitória em 2005. É uma pista muito interessante, porque passa por lugares onde carros particulares andam durante o restante do ano".Por sua vez, o finlandês Heikki Kovalainen, substituto do espanhol Fernando Alonso - atual bicampeão mundial -, está ansioso para estrear como piloto oficial. "Comecei a me preparar há um ano, quando me juntei à equipe como terceiro piloto. Foi um longo processo de aprendizagem, mas agora me sinto completamente preparado para passar ao próximo nível. Quero que a primeira corrida venha logo", disse o finlandês, que espera ao menos pontuar na estréia.Bridgestone anuncia pneus para primeiras provasA fabricante japonesa Bridgestone, a partir deste ano única fornecedora de pneus para o Mundial da Fórmula 1, anunciou os compostos à disposição das escuderias para os cinco primeiros Grande Prêmios da temporada. A Bridgestone fabricou quatro tipos de pneus para 2007: supermacios, macios, intermediários e duros.Para a disputa do Grande Prêmio da Austrália, no próximo domingo, os dois tipos de compostos disponíveis serão macios e intermediários, enquanto nos três seguintes - Malásia, Barein e Espanha -, estarão disponíveis os intermediários e duros. Em Mônaco, os dois compostos escolhidos são os supermacios e macios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.